sábado, 30 de julho de 2011

CONTRA A BAIXARIA NA TV


Infelizmente, na atualidade, a baixaria e a imoralidade são os principais alicerces da televisão brasileira. Hoje em dia, os programas de televisão apelam ferozmente para ganhar ibope. Fico extremamente triste quando ligo a televisão e não vejo quase nada que preste para assistir. As novelas não têm nenhum conteúdo e são extremamente repetitivas, ou seja, as histórias são sempre as mesmas, somente mudam os personagens. Os programas de auditório são toscos e sem criatividade. Os programas humorísticos apelam para a obscenidade e ao desrespeito do telespectador. Eu contarei a minha humilde opinião sobre as atuais emissoras de televisão que dominam o Brasil.

A TV Cultura é a emissora de televisão que mais gosto, porque ela passa programas de qualidade e respeita os telespectadores. O Jornal da Cultura é o melhor jornal que existe, e o vejo sempre que posso. Se eu pudesse, trabalharia na TV Cultura, pois ela investe na programação infantil e não apela para a sensualidade. A TV Cultura marcou muito a minha infância com a sua programação de excelente qualidade. A TV Cultura é digna de meu respeito.

O SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) marcou muito a minha infância também, mas, infelizmente, hoje, apela também para a imoralidade. O “Programa do Ratinho” é um lixo que apenas passa o que não presta. O programa “Casos de Família” quando era apresentado pela Regina Volpato era excelente, mas agora é apresentado pela Christina Rocha que incentiva a baixaria em seu programa, isto é, esse programa é outro lixo. A novela “Amor e Revolução” começou boa, mas como todas as novelas do Tiago Santiago se tornou num monte de esterco ambulante. O Tiago Santiago não sabe fazer novelas e sinceramente não sei como os lixos das novelas dele fazem sucesso. A novela Amor e Revolução em vez de se concentrar em mostrar o contexto histórico da época da Ditadura Militar, fica fazendo apologia ao homossexualismo. Quero deixar bem claro, que os homossexuais são dignos de meu respeito, porque eles são meus semelhantes. Portanto, são alvos do amor de Deus também. Mas, eu acho ridículo uma novela ficar fazendo apologia ao homossexualismo. Respeitar é uma coisa, fazer apologia é outra.

A Rede Globo é uma emissora manipuladora, mas sou obrigado a admitir que ela valoriza a sua programação, ou seja, a Rede Globo não se baseia na baixaria para ganhar ibope. Eu sei que a Rede Globo apoiou o Regime Militar e ajudou Fernando Collor a chegar ao poder, porque a sua maior arma é a manipulação. Mas, pelo menos, a Rede Globo não apela tanto para a imoralidade como outras emissoras.

A Rede Record (Recópia) somente sabe copiar a Rede Globo, e a sua programação também é um lixo. As suas novelas (tirando as que foram feitas pelo Tiago Santiago) são até legais, mas a Rede Record precisa ainda melhorar muito se quiser ultrapassar a concorrência.

A Rede TV (Errei de TV) é a pior emissora de televisão que já vi em toda a minha vida, porque a sua programação é a pior da televisão brasileira. A Rede TV apenas apela para a obscenidade, isto é, essa emissora usa mulheres na sua programação para rebolarem as suas bundas o dia inteiro para conseguir ibope. A Rede TV nem parece ser a sucessora da saudosa Rede Manchete.

A TV Gazeta eu conheço pouco, porque nem assisto. Mas, fiquei sabendo que a sua programação é péssima também. Quando eu era criança, assistia alguns desenhos legais na TV Gazeta, mas, hoje, nem sei se ainda passam desenhos nessa emissora.

A Rede Bandeirantes tem um jornalismo excelente, mas a sua programação infantil é uma porcaria. Antigamente, o programa “Band Kids” era maravilhoso, no entanto, hoje, deixa muito a desejar. O anime “Saint Seiya” somente passa de manhã (num horário horrível) e isso me chateia muito. O CQC (Custe o Que Custar) é um dos poucos programas que prestam da Band. A Rede Bandeirantes precisa melhorar muito se quiser ser digna de meu respeito.

O Canal 21 (que já foi Play TV e hoje é Rede 21) foi dominado pelo herege do Waldemiro Santiago. Esse falso profeta não se contentou em ocupar horários em outras emissoras e resolveu se apoderar de uma concessão pública para passar a programação de sua igreja o dia inteiro. Isso é uma vergonha.

A Rede Tupi, a TV Excelsior e a Rede Manchete faliram, porque a sua prioridade era a qualidade. Entretanto, hoje, a prioridade das emissoras é a baixaria, por isso, elas prevalecem.

Nenhum comentário: