terça-feira, 9 de agosto de 2011

O BEM E O MAL


“Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”. (Isaías 14:12-14)

Satanás, o Diabo, foi expulso do Céu por causa de sua soberba e arrogância, porque ele queria ser igual a Deus. O arcanjo Miguel e o querubim da guarda pelejaram no primeiro motim da História, e Lúcifer foi derrotado e expulso do Reino de Deus. O Rei do Mal, através do pecado, arrasta inúmeras pessoas para as profundezas do Inferno, mas Jesus Cristo sofreu e morreu numa cruz para que todo aquele que o aceita como seu único e suficiente Salvador em seu coração seja salvo.

“Dominar-se a si próprio é uma vitória maior do que vencer a milhares em uma batalha”. (Siddhartha Gautama)

Dois cães ferozes brigam dentro de mim; um cão mau e um cão bom. O que eu alimentar mais vencerá a briga. O cão mau é a minha carne, e o cão bom é o meu espírito, ou seja, luto constantemente contra mim mesmo para que o bem prevaleça na minha vida. Eu sofro de Síndrome de Borderline, isto é, eu estou em cima da linha que separa a sanidade da loucura. Eu sou uma pessoa boa, mas se eu não tomar cuidado, posso me tornar num psicopata. Eu busco a Deus constantemente para que a bondade e a misericórdia prevaleçam no meu coração. Eu quero fazer o que é certo e não o que é errado. Eu amo a Deus e odeio o Diabo. Eu aprendi nas artes marciais que o verdadeiro guerreiro é aquele que vence a si mesmo. Ou seja, eu devo vencer o pecado para que eu me torne num verdadeiro guerreiro. Eu citei uma frase do Buda, mas isso não quer dizer que eu seja budista. Eu retenho de tudo o que é bom. Quero deixar bem claro, que eu nunca me curvei diante de quadros e estátuas, isto é, eu nunca me envolvi com a idolatria, pois sempre fui fiel ao Deus de Israel, o Deus Único.

Todos os homens, querendo ou não, estão envolvidos na Guerra Espiritual, ou seja, não existe meio termo. Ou você está do lado de Deus ou do lado de Satanás. Jesus Cristo se sacrificou para que o seu povo seja salvo. Os escolhidos de Deus são soldados designados para combater o Diabo e seus capangas. Não menosprezo Satanás, porque sei que ele é poderoso. Mas, o Deus judaico-cristão é infinitamente mais poderoso do que o Príncipe das Trevas. O Senhor do Escuro não é páreo para Deus e nunca será. Jesus Cristo o derrotou na cruz, e todos os cristãos autênticos são mais que vencedores em Cristo Jesus.

A obrigação de todos os cristãos é pregar o Evangelho a todas as pessoas, porque todos os servos de Deus são missionários. O missionário não é somente aquele que vai para o campo, mas, sim, todo aquele que prega o Evangelho para as pessoas que estão ao seu redor. O cristão pode ser um missionário em seu bairro, no seu trabalho ou na sua escola. O nosso dever é propagar a Salvação de Jesus Cristo, o Único Caminho para se chegar até Deus. Jesus Cristo ama o seu povo; por isso, Ele sofreu e morreu numa cruz para resgatar os seus servos. Os cristãos verdadeiros não são mais escravos do pecado, mas, sim, soldados de Cristo. O nosso comandante é Jesus Cristo, o Filho de Deus.

Deus coloca diante de nós, o bem e o mal, e devemos escolher o bem. O pecado pode ser doce no começo, mas depois se torna amargo. O prazer do pecado é momentâneo, e as suas conseqüências podem ser eternas. Portanto, devemos evitá-lo, para que possamos ter uma vida feliz e abundante debaixo da vontade de Deus. Todos nós estamos envolvidos nessa guerra do bem contra o mal. Que Deus seja louvado.

Nenhum comentário: