quinta-feira, 4 de agosto de 2011

OS MEUS MELHORES AMIGOS


(André, o Gordo, também é um dos meus melhores amigos. Eu acabei esquecendo de escrever sobre o André, mas agora estou me retratando).

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos”. (João 15:13)

Tenho muita sorte por eu ser rodeado de amigos, e me sinto privilegiado por causa disso. Eu sou extremamente sincero quando afirmo que daria a minha vida pelos meus amigos. Não tenho medo da morte, e para mim não seria difícil me sacrificar para salvá-los. Quase todos os meus amigos são cristãos, mas tenho alguns amigos que são incrédulos (que dão mais exemplo que muitos evangélicos que conheço). Neste texto, eu contarei sobre alguns amigos que conheço há muitos anos (a maioria desde a minha infância) que são muito importantes para mim.

Natan, o Bola, foi o meu primeiro grande amigo. Nos conhecemos desde que éramos crianças. Já jogamos muito videogame durante as madrugadas e já tivemos muitas aventuras. O Natan apesar de ser esquecido (sempre se esquece de me devolver às coisas que empresto para ele) ele é gente boa. Amo demais o Natan, pois ele é como um irmão para mim.

Phill, o Barriga, é um cara muito gente fina. O Phill sempre me ajuda quando eu preciso, pois quando eu precisei fazer um tratamento perto de sua casa, ele me deixou dormir em sua humilde residência e me acolheu muito bem. O apelido do Phill é Barriga, porque ele era muito barrigudo antigamente, mas, hoje, ele é magrinho. Sinto muita saudade de apalpar aquela barriga peluda saliente. O Phill é um grande amigo muito especial, e não sei o que seria de mim sem ele.

Klayton, o Pescoço, é meu primo e o considero como se fosse meu irmão. O Klayton é um cara muito engraçado e me divirto com ele. Esse meu primo é uma pessoa que alegra muito a minha vida.

Arthur, o Zé Gotinha, é vocalista de uma excelente banda chamada “Two Five”. Eu sou fã desse grupo, porque as músicas dessa banda são maravilhosas. O Arthur é um grande amigo que considero muito.

Guilherme, o Pai Gui, é um excelente amigo. Ele é filho de outro amigo meu, o Diógenes. O Guilherme sonha em ser policial, assim, como eu, e dou o maior apoio para ele. O Guilherme é muito gente boa e gosto muito dele.

Alexandre, o Caolho, é outro amigo meu muito legal. Ele é filho do Pastor Carlos (outro amigo meu) e nos conhecemos há muito tempo. O Alexandre é um amigo muito especial para mim e sinto falta dele, pois faz tempo que ele não vai à igreja.

William, o Negão, é um cara muito especial que praticamente gosta das mesmas coisas que eu gosto. Nós curtimos animes, videogames, artes marciais, militarismo, e principalmente mulheres. Sinto saudade de morar próximo a sua humilde casa, pois, assim, eu poderia vê-lo sempre.

Oséias, o Nariz, era o meu melhor amigo na escola. Não nos damos bem no começo, mas depois nos tornamos grandes amigos. Sinto muita falta do Oséias, e ele é vizinho do William. Eu desejo ardentemente voltar a morar perto deles.

Maciel, o Miau, era um baixinho muito gente boa que sempre estava disposto a me ouvir quando eu precisava desabafar. Sinto muita saudade do Maciel, pois faz alguns anos que não o vejo. O Maciel é um amigo inesquecível.

Fábio, o Batoré, mais conhecido como Fabinho, é um amigo muito querido. Eu sempre oro em favor do Fabinho para que ele se desvie de seus caminhos maus e volte a trilhar o caminho de Deus. Eu amo muito o Fabinho e sempre estou preocupado com a sua vida e sua salvação.

Diego, o Bonitão, é ex-namorado de uma grande amiga minha, e quando éramos vizinhos conversávamos sempre. Às vezes eu o visito para jogarmos videogame e para nos lembrarmos dos velhos tempos. O Diego é um amigo especial.

Tenho grandes amigas também, como, por exemplo, a Michele, a Bruna, a Tatiane, a Dayana e a Patrícia, que foram minhas colegas na escola. Conheci uma pessoa maravilhosa na faculdade chamada Camila, que é uma grande amiga também.

Neste texto, eu contei sobre os meus amigos que mais marcaram a minha vida, no entanto, eu moro longe da maioria deles e nem sempre posso visitá-los. Mas, tenho quase todos adicionados no Orkut e no Facebook. Não sei o que faria sem os meus amigos.

Nenhum comentário: