domingo, 8 de janeiro de 2012

A GUERRA SANTA

(Esta história é a continuação de "A Guerra do Bem Contra o Mal". Quero deixar bem claro, que sou leigo no assunto "Satanismo"; e antes que alguém fale alguma coisa, eu plagiei o anime Saint Seiya descaradamente mesmo).
Os Guerreiros de Cristo conseguiram derrotar Satanás, o Mestre do Mal, e voltaram para as suas casas. Mas, eles sabiam que o Príncipe das Trevas não desistiria tão fácil de destruir a Igreja de Cristo, ou seja, os seguidores de Jesus. O Diabo, quando voltou para o Inferno, reuniu os mais poderosos oficiais de seu exército maldito. Leviathan, Asmodeus, Astaroth, Belphegor, Belial e Azazel. Esses eram os seus guerreiros infernais mais poderosos que foram designados para aniquilar os Guerreiros de Cristo.
Leviathan era o mais alto dos demônios e ele era o demônio responsável por desgraçar o Brasil. Davi sempre orava para que Deus salvasse e abençoasse o Brasil e com isso o Herói despertou a fúria de Leviathan. Esse demônio desejava ardentemente matar o agente federal e não via a hora de enfrentá-lo.
Asmodeus era um demônio poderoso e também almejava destruir Davi e seus amigos. Esse demônio da mitologia hebraica era sádico e impiedoso; e estava disposto a tudo para alcançar os seus objetivos.
Astaroth tinha o poder de controlar o clima e ele foi o demônio que escravizou Gabriel, o teólogo amigo de Davi. Gabriel foi bruxo da Goetia, mas graças a Deus ele se converteu aceitando Jesus Cristo como o seu único e suficiente Salvador. Astaroth podia usar tanto a forma de homem como de mulher. Esse demônio era cruel e perverso; e estava decidido a eliminar os Guerreiros de Cristo.
Belphegor era conhecido como o Senhor do Fogo, isto é, ele tinha o poder de produzir e manipular as chamas. Esse demônio era insensível; e se divertia torturando e matando as pessoas. Belphegor era muito poderoso e usaria todo o seu poder para tentar varrer a Igreja de Cristo da Terra.
Belial era um demônio muito citado na Bíblia (a Palavra de Deus). Esse anjo caído usava o santo Nome de Deus para enganar os ignorantes. Os filhos de Belial eram religiosos hipócritas que levavam o santo Nome de Deus para o esgoto. Belial era falso e enganador; e desejava ardentemente destruir o povo de Deus.
Azazel era um dos demônios mais fiéis a Lúcifer e almejava extinguir os cristãos para que a humanidade se perdesse para sempre. Azazel sabia que os cristãos eram o sal da Terra e a luz do mundo, por isso, ele os odiava tanto. Esse demônio era vil; e estava disposto a usar todos os recursos para exterminar os heróis para que Satanás triunfasse na guerra do bem contra o mal.
Davi além de ser um agente do Estado que combatia o crime, ele também era um intercessor; pois ele sempre orava em favor das pessoas. O Herói costumava orar sempre a favor do Brasil e das outras nações. O agente federal sempre intercedia em favor das autoridades legalmente constituídas para que Deus as abençoasse e lhes desse sabedoria para governarem.
O Rei do Inferno e seus subordinados vieram para o planeta Terra e cada demônio se posicionou em seu respectivo templo. Os Guerreiros de Cristo teriam que passar pelos seis templos dessas entidades pagãs para chegarem até Lúcifer e derrotá-lo.
O Deus judaico-cristão sempre protegia os seus servos e estava do lado dos Guerreiros de Cristo. O Altíssimo sempre estava ao lado dos heróis e os ajudava a combaterem o mal. Davi era o que tinha mais intimidade com Deus. O Herói era amigo de Deus e o amava acima de todas as coisas. O agente federal sempre sonhou em ser um herói para poder proteger os indefesos, mas o que ele sempre mais almejou na vida foi se tornar amigo de Deus. Davi adorava o seu Deus e estava disposto a encarar a tortura e até a morte por amor ao seu Deus. O Herói era forte e valente. O agente federal não depositava a sua confiança em seus punhos, mas, sim, no Deus de Israel.
Algumas amigas de Davi eram muito queridas por ele, pois o Herói se importava realmente com elas. Daniela, Marina e Jhully. Essas eram as garotas que o agente federal sempre pedia para Deus abençoá-las. Essas amigas de Davi eram extremamente lindas e chamavam a sua atenção por causa de sua imensa beleza.
Daniela era filha de uma grande amiga da mãe de Davi. Ela foi criada na Igreja e foi regente de um coral infantil, mas acabou se desviando do Caminho de Deus. Daniela ia sempre a baladas e bebia bebidas alcoólicas e fumava. Infelizmente, Daniela fazia algo que muitas garotas faziam, ela tirava fotos sensuais. Ela até já experimentou drogas e quase morreu por causa disso, mas graças ao bom Deus, Daniela se arrependeu de seus pecados e se converteu ao Cristianismo. Deus, até através de sonhos, incentivou Davi a interceder em favor de Daniela.
Marina sempre foi linda desde criança; e o Herói sempre admirou a sua formosura. Marina era filha de um oficial da Corregedoria da Polícia Militar. Davi costumava orar com freqüência a favor de Marina e seu pai, que era um grande guerreiro. Marina se afastou durante algum tempo da Igreja, mas logo voltou para os braços de Deus. Uma vez, Deus enviou a Marina para avisar Davi de que Ele ouvia as suas orações. O Herói acreditava que Marina além de ser linda, também era muito inteligente.
Jhully era uma morena muito formosa que sempre chamou a atenção de Davi. O Herói se apaixonou pela Jhully três vezes (nunca ele havia se apaixonado tanto pela mesma pessoa). Jhully sempre sonhou em se tornar missionária, mas ela acabou se afastando da Igreja e o seu coração se endureceu. Mas, Deus tocou em seu coração e transformou a sua vida. Jhully voltou para a Igreja e se tornou numa grande missionária que era usada grandemente por Deus para ganhar almas para Cristo.
Na cidade de São Paulo, um motoqueiro conhecido como “o maníaco da moto preta” aterrorizava as mulheres. Esse estuprador sádico invadiu uma casa e fez duas adolescentes reféns. Ele prendeu a mãe e o pai de uma delas num quarto e levou as garotas para a sala, para poder estuprá-las.
Davi caminhava por perto e sentiu que algo de muito ruim estava acontecendo naquela casa e foi verificar o que estava havendo.
Quando o estuprador ia começar a violentar as adolescentes, o Herói invadiu a casa e apontou a sua pistola Glock calibre 9mm para o malfeitor dizendo:
__Largue a arma, seu vagabundo!
O facínora se virou para atirar no agente federal, mas Davi foi mais rápido e efetuou um disparo que atingiu a mão direita do estuprador o fazendo soltar a sua pistola Taurus calibre 380.
__Desgraçado! Você acertou a minha mão.
__Eu devia acertar o seu órgão genital masculino, seu animal. Para ver se você aprende a nunca mais estuprar os outros.
__Eu vou te matar!
O bandido avançou no policial e o Herói desferiu uma potente coronhada em seu capacete que o rachou. O marginal entrou em luta corporal com o agente federal para tentar desarmá-lo, mas Davi chutou os seus testículos o fazendo cair de joelhos no chão.
__Agora, você saberá o que é justiça, seu covarde.
O policial tirou o capacete do delinqüente e o jogou longe. O estuprador tentou se levantar para tentar agredir o Herói, mas Davi desferiu vários socos diretos em sua cara deixando o seu rosto inchado e cheio de hematomas. O bandido apanhou tanto que acabou desmaiando por causa dos golpes que recebeu.
As garotas estavam amarradas e choravam gritando desesperadamente. O Herói as acalmou e libertou os adultos que estavam presos no quarto. Assim, Davi conseguiu fazer mais uma vez o que sempre quis, ou seja, proteger os inocentes.
Os Guerreiros de Cristo souberam dos planos de Satanás e foram até próximo aos templos pagãos, pois eles sabiam que tinham que derrotar os seis oficiais do Inferno para poderem chegar até o templo de Baal-Zebube e derrotá-lo. Quando chegaram próximo as escadas que levariam até os seis templos, eles se depararam com Sobek, o homem-crocodilo.
__Vocês terão que passar por mim primeiro se quiserem enfrentar os príncipes do Inferno. Eu terei o maior prazer em mandá-los para o Reino das Trevas. Hahahahaha.
Sobek avançou em Davi e o jovem lutador se esquivou de seus ataques e desferiu um potente soco uke em seu estômago e três socos cruzados em sua cara. O homem-crocodilo sentiu a força dos golpes, mas continuou atacando sem cessar.
Ciro, o Caçador, concentrou o seu poder e soltou uma poderosa descarga elétrica em Sobek e o derrotou.
Os heróis subiram as escadas e chegaram até o templo de Leviathan. O demônio que dominava o Brasil se aproximou dos Guerreiros de Cristo e disse:
__Esse templo será o túmulo de todos vocês. Preparem-se para morrer! Hahahahahahahahahaha.
O Herói entrou na frente de Leviathan quando ele ia atacar os seus companheiros e falou para os demais heróis:
__Vão até o próximo templo. Eu me encarrego de Leviathan.
Os outros Guerreiros de Cristo prosseguiram até o próximo templo e Leviathan se enfureceu dizendo:
__Como ousa achar que você sozinho é páreo para mim? Seu inseto. Você se arrependerá por toda a eternidade por essa afronta.
__Leviathan, eu serei o seu adversário. Eu venho contra você em Nome do Senhor dos Exércitos, o Deus que você e seus comparsas têm afrontado desde o princípio dos tempos. Prepare-se, porque eu irei te vencer na força do braço do Deus Vivo.
__Pagará caro por sua insolência.
Leviathan tinha o poder sobre as águas e tentou afogar o agente federal com o seu poder maldito, vomitando uma corrente de água para afogá-lo.
Quando os heróis chegaram ao segundo templo, se depararam com Asmodeus que caminhou lentamente até eles e lhes disse:
__Daqui vocês não irão passar. Eu sou o demônio mais poderoso abaixo de Lúcifer. Vocês não têm nenhuma chance contra mim.
O Mestiço exibiu as suas lâminas de prata e falou aos seus companheiros:
__Vão! Eu me encarrego de Asmodeus.
Os demais Guerreiros de Cristo prosseguiram subindo as escadas, enquanto Ciro lutava contra Asmodeus.
__Você é muito corajoso, Mestiço. Mas verá que foi uma tolice ficar aqui para me enfrentar sozinho. Você vai morrer! Hahahahahahahahahaha.
Asmodeus estendeu uma de suas mãos lançando um raio e Ciro fez o mesmo. Os dois disputavam para ver quem era o mais poderoso. Mas, o demônio conseguiu atingi-lo com o seu poderoso raio e o derrubou.
Os guerreiros cristãos chegaram ao terceiro templo e foram barrados por Astaroth, que com o seu poder congelante fez uma barreira de gelo os impedindo de prosseguir.
__Não permitirei que vocês prossigam. Eu os congelarei com o meu poder congelante que é capaz de congelar até as chamas do Inferno. Hahahahahahahahahaha.
Alexandre golpeou diversas vezes a barreira de gelo a despedaçando e falou aos seus amigos:
__Continuem! Deixem que eu enfrento Astaroth.
Os heróis continuaram subindo as escadas e o guardião do templo disse:
__Eu posso controlar o clima e te castigarei pessoalmente, seu traidor. Satã deu tudo para você; e você preferiu passar para o lado do Altíssimo. Eu te garanto, que nem Deus poderá livrá-lo de minhas mãos. Prepare-se, porque você irá morrer agora.
__O Deus judaico-cristão é a minha fortaleza. Portanto, não preciso temer você e seus comparsas.
__Eu irei te congelar até os ossos. Hahahahahahahahahaha.
Astaroth lançou várias rajadas de gelo na direção de Alexandre que se esquivou de quase todas as magias, mas acabou sendo atingido por uma rajada de gelo no seu braço esquerdo, que foi congelado.
Belphegor aguardava os servos de Deus em seu templo e Apolo foi o seu oponente. O capoeirista gingava e se esquivava das bolas de fogo e dos furacões flamejantes que Belphegor lançava contra ele. Apolo era habilidoso, mas acabou tendo uma parte de seu corpo levemente queimado por causa de algumas magias que o atingiram de raspão.
__Você é habilidoso, missionário. Mas não é rápido e forte o suficiente para me derrotar. Coloque-se no seu lugar, seu verme. Você não pode me vencer. Hahahahahahahahahaha.
__Eu posso todas as coisas no Deus Altíssimo que me fortalece nas batalhas. Com a ajuda do Senhor dos Exércitos, eu conseguirei te vencer. A batalha pertence ao Senhor; e Ele nunca perde uma peleja.
Belial esperava ansioso pela chegada dos heróis e Jeú foi o seu adversário. O militar e o demônio trocaram socos e chutes espancando um ao outro, mas Belial conseguiu feri-lo gravemente e derrubá-lo. Belial tinha o poder de manipular os ventos e estava decidido a matar Jeú. Quando Jeú se levantou foi atingido por um chute frontal no rosto.
__Ninguém pode comigo. Você acha mesmo que pode me derrotar? Coloque-se no seu lugar, seu fracassado. Hahahahahahahahahaha.
__O Deus de Israel está comigo. Ele me auxiliará nessa batalha. Com o auxílio do Deus Eterno, eu te derrotarei.
Azazel enfrentou Shiro lançando várias bolas de energia contra ele. O guerreiro oriental, com a sua Katana desembainhada, pelejou bravamente contra Azazel conseguindo feri-lo, mas Azazel o espancou brutalmente.
__Você não pode me vencer. Desista, enquanto há tempo!
__Jamais me darei por vencido.
Os Guerreiros de Cristo deram o melhor de si e foram espancados ferozmente por seus adversários, mas com a sua persistência conseguiram derrotá-los e mandá-los de volta para o Inferno. Os heróis chegaram até o templo de Baal-Zebube, o Senhor das Moscas. O Rei do Mal, se movimentando na velocidade da luz, bateu muito nos Guerreiros de Cristo, mas eles ainda permaneceram combatendo. Davi conseguiu ver as suas magias na velocidade da luz e acertou um chute faca na cara de Lúcifer o derrubando com tudo. O Príncipe das Trevas se levantou irado e lançou uma cápsula de energia na perna direita do Herói e a quebrou deixando o jovem lutador em desvantagem. Abadom, o Destruidor, estava junto com os demais heróis e desferiu um chute lateral no abdômen e uma giratória na nuca do Diabo o deixando atordoado.
__Eu sou muito mais poderoso do que todos vocês juntos. Mesmo que vocês juntem as suas forças, não chegarão a um milímetro do meu poder.
Ciro desferiu um soco gancho em seu queixo que o fez ficar cambaleante; e Abadom aproveitou essa oportunidade para golpeá-lo diversas vezes em todo o seu corpo. Satanás sabia que perderia para os heróis e fugiu como um covarde. Os Guerreiros de Cristo venceram o Diabo e seus capangas conseguindo fazer o bem prevalecer sobre o mal. O Senhor da Escuridão não desistiria de voltar para o Céu e ocupar o trono de Deus, mas o Altíssimo e seus servos sempre o derrotariam.

Nenhum comentário: