sábado, 26 de maio de 2012

MAIS UMA NOITE



Durante a minha vida toda eu me guardei para uma mulher que nem sei se realmente existe. Para mim, é mais fácil acreditar na existência de Deus e do Diabo do que na existência da mulher certa para mim. No fundo do meu coração, eu ainda acredito que ela deve existir em algum lugar. Eu sempre a amei, mesmo eu não sabendo quem ela é. Eu sou apaixonado por essa mulher desde a minha infância. Não sei o seu nome e nem a sua aparência, mas tenho certeza que se ela aparecesse na minha vida, eu a amaria intensamente. Quem me dera ser amado por uma mulher que para mim seja linda aos meus olhos e ao meu coração (que se dane a opinião dos outros). Os outros podem achá-la horrorosa, mas se para mim ela for linda, me basta. Não serei hipócrita de dizer que não olho para a beleza das mulheres, mas descobri que a aparência não é o mais importante. Toda flor por mais bela que seja, murcha um dia.

Já me apaixonei por inúmeras mulheres, mas nunca amei verdadeiramente nenhuma delas. A paixão é passageira, mas o amor é eterno. Quem me dera amar uma mulher de verdade. Se Deus me concedesse a benção de viver ao lado de uma mulher, eu estaria em dívida eterna com Ele. Eu não quero me casar com uma Amélia, mas, sim, com uma companheira. Não quero uma escrava, mas, sim, uma auxiliadora para poder compartilhar todos os momentos da minha vida.

Perdi muito tempo da minha vida alimentando o meu coração com ódio e amargura. Perdi tanto tempo julgando e odiando as pessoas. Não quero mais perder o meu tempo com coisas fúteis. Agora, eu somente quero saber do amor. Prefiro amar as pessoas intensamente e também ser amado com a mesma intensidade. Desejo muito amar uma mulher mais do que a minha própria vida. Quero estar disposto a viver e morrer por essa mulher. Não sei quem é ela, mas já a amo com toda a intensidade do meu coração.

Quando eu era mais novo, escrevia cartinhas de amor e entregava flores para as garotas que gostava (eu tinha essa coragem quando era criança). Hoje, eu não sou mais corajoso como antigamente. Eu sempre me escondi atrás da violência e da fúria, porque tenho vergonha de expor os meus verdadeiros sentimentos. Eu adoraria entregar flores e bombons para alguma garota que valesse a pena. Desejo ser um homem de uma só mulher. A minha vontade é ser fiel a minha mulher quando eu me casar (se algum dia eu realmente me casar). Eu almejo uma esposa, e daria tudo por ela. Eu até trabalharia para poder sustentá-la e lhe dar sempre presentes. Eu tenho muito amor no meu coração; e quero entregar todo esse amor para alguém. Quem me dera se a mulher certa para mim aparecesse na minha vida.

Estou aqui, mais uma noite sozinho, desejando uma companhia feminina. Mais uma noite de sofrimento e solidão. Como me faz falta uma mulher! Quem me dera ter uma companheira para poder conversar sobre coisas bonitas. Desejo ardentemente uma parceira que esteja comigo em todos os momentos da minha vida. Quem me dera compartilhar os meus sentimentos com alguma garota. Nunca tive sorte no amor, ou seja, nunca fui sortudo com as mulheres. Não sei conversar com as garotas; e isso me entristece muito. Tenho medo de ser pegajoso demais ou de desprezar demais. Realmente, eu não tenho jeito com as garotas. Mas, sempre as respeitei e valorizei.

Sinto muito a sua ausência, minha amada! Não sei quem você é, mas saiba que eu te amo. O meu coração dói só de eu pensar em você. A minha mente fica perturbada e o meu corpo desfalecido por causa de sua ausência. A insônia não me deixa dormir, porque estou pensando em você. Desejo-te mais do que qualquer coisa, pois sou apaixonado por você. Por favor, minha amada, apareça na minha vida, porque não agüento mais viver sem você. Seja você quem for, eu te amo.

Nenhum comentário: