segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

O DECLÍNIO DA TV



Já escrevi muitos artigos sobre a televisão brasileira; e tinha decidido comigo mesmo que não escreveria mais sobre esse assunto, mas devido a minha decepção com a mídia brasileira, me sinto obrigado a desabafar sobre esse assunto de novo.

Lembro-me dos tempos áureos da televisão brasileira. Não conheci as emissoras, TV Tupi e Rede Excelsior, mas tive o grande prazer de conhecer a saudosa TV Manchete. A Rede Manchete foi uma emissora de grandíssima qualidade, apesar de também ter cometido os seus erros. Eu gostava muito das novelas da TV Manchete, mas reconheço que essas novelas (apesar de serem bem produzidas) eram cheias de depravação e promiscuidade. A programação infantil da Rede Manchete foi à melhor que o Brasil já teve, porque a TV Manchete trouxe muitos seriados tokusatsus e desenhos japoneses de ótima qualidade. Hoje, me sinto melhor em relação à ausência da Rede Manchete. Para ser sincero, eu não vejo mais graça na televisão. A mídia me decepciona muito. Têm dias que eu nem ligo a televisão devido à depravação e promiscuidade da mídia. A mídia é manipuladora e maquiavélica. Estou sendo tentado a concordar com os evangélicos fanáticos que demonizam a televisão, porque a mídia é realmente uma porcaria. Estou começando a acreditar que a televisão é coisa do Demônio mesmo.

A Rede Bandeirantes (que eu admirava) me decepcionou muito. Primeiro, porque fica mudando toda hora os horários dos desenhos, e vive tirando do ar o anime “Saint Seiya”. Em segundo, a Band é uma verdadeira Babilônia, porque somente passa putaria (desculpem-me pelo palavreado, mas estou apenas desabafando). O programa “Pânico na Band” é um lixo. Somente mostra mulheres seminuas e usa uma comédia muito forçada. A Band é como a Rede Record (Recópia), pois ela muda os horários dos programas e tira os programas do ar sem dar satisfação para o telespectador. O SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) fazia muito isso, mas, felizmente, o Silvio Santos ganhou vergonha na cara e parou com isso. Eu odeio a Rede Globo, mas sou obrigado a reconhecer que em relação aos horários, a TV Globo respeita o telespectador.

Programas como “Big Brother Brasil” e “A Fazenda” são verdadeiras merdas ambulantes; e eu não entendo como as pessoas podem gostar de lixos como esses. Já vi gente imbecil que compara “Big Brother” ao Chaves. Fazer esse tipo de comparação é uma tremenda imbecilidade. Somente os idiotas fazem isso. A pessoa dizer que assiste “Big Brother”, porque outras pessoas assistem o Chaves, é o mesmo que dizer que porque as pessoas beijam se deve sair transando com todo mundo. Isso é uma tremenda burrice. Esses programas são de baixíssimo nível, porque apenas mostram o pior lado do ser humano, ou seja, somente mostram baixaria. Eu não perco o meu precioso tempo assistindo porcarias como essas. Prefiro ler a Bíblia.

O futebol e as novelas são a “política do pão e circo” usada pelo Sistema para manipular as massas. Não estou dizendo que as pessoas não podem gostar de futebol e de novelas, mas também não precisam viver em função dessas coisas. O futebol como esporte é saudável, mas o problema é que as pessoas se alienam no futebol como os drogados se viciam nas drogas. Existem poucas novelas que são decentes (geralmente, são as novelas infantis), mas a maioria das novelas apenas ensina o que não presta. O adultério, a fornicação, e o homossexualismo (com todo o respeito aos homossexuais dignos que se dão ao respeito), são ensinados pelas novelas, e lares cristãos são destruídos por causa disso. Não estou pregando hipocrisia e falso moralismo. O sexo é uma coisa bonita (dentro do casamento). Também acredito que os gays devem ser respeitados, mas não podemos concordar com as perversidades que as novelas ensinam. Escrevi este texto para alertar a sociedade sobre os perigos da mídia.

3 comentários:

Ana Maria Sousa Brito disse...

Concordo plenamente com seu artigo, realmente a mídia é usada apenas para manipular a mente, a favor do que querem que a massa alienada siga, transmitem conteúdos completamente desnecessários.

Ana Maria Sousa Brito disse...

Concordo com seu artigo,é ótimo saber que existem pessoas com pensamentos elevado como o seu.

Ana disse...

Seu artigo perfeito...