quarta-feira, 2 de outubro de 2013

HOMENS DE GUERRA


Homens de honra
Homens de coragem
Homens que suportam a dor e vencem o medo
Esses são os militares
Verdadeiros heróis
Eles lutam por sua pátria na defesa de sua nação
Eles combatem o mal que ameaça o mundo
Muitas vezes, para se chegar à paz, é preciso passar pela guerra.
Eles são os homens que fazem o trabalho que ninguém mais quer fazer
Os soldados aprendem a não temer nada e nem ninguém
Esses guerreiros são altamente disciplinados
Esses homens aprendem a manusear diversos tipos de armas e a sobreviver na selva
São verdadeiros leões ferozes
São ágeis como os leopardos
Os militares estão dispostos a viver e morrer em nome da honra
Muitos deles lutam por causas nobres
Sempre admirei os militares
Sempre me espelhei neles
Os soldados são ministros de Deus que foram instituídos pelo Altíssimo para poderem castigar os malfeitores e exaltar os cidadãos de bem
Se nós, cristãos, temos liberdade religiosa, é graças aos soldados.
Se nós, cidadãos, temos liberdade política, é graças aos soldados.
Se nós, seres humanos, vivemos em paz, é graças aos soldados.
Todos nós temos uma dívida enorme com esses homens que lutam bravamente pelo que acreditam para poderem tornar esse mundo num lugar melhor
Nem todas as guerras são justas, mas em todas as guerras sempre têm militares que fazem a diferença.
Graças a militares, honrados e bons, que homens cruéis e perversos como Adolf Hitler e Benito Mussolini foram derrotados.
Os nossos valentes soldados brasileiros combateram ferozmente os nazistas e fascistas que ameaçavam a Terra com suas ideologias macabras
Os heróis existem sim
Eles são os militares
Homens que vencem a tudo e a todos por um ideal
Homens cheios de ousadia e coragem
Guerreiros que pelejam tanto na terra, quanto no ar, e no mar.
Sempre sonhei em ser um guerreiro, mas o destino não sorriu para mim.
Sinto o beijo da morte em meus lábios
A solidão me toma por dentro
A minha inocência está morrendo
Desconhecer o meu futuro é uma agonia
O meu passado é algo obscuro
O presente é uma fonte de água prestes a se secar
Fantasmas do passado ainda me seguem
Inimigos do futuro se levantam contra mim
Quem me dera ser como os soldados
Que não temem nada e nem ninguém; e que suportam a dor e vencem o medo.

Nenhum comentário: