quinta-feira, 23 de março de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 9

"Muitos evangélicos sofrem da famosa "Síndrome de Lúcifer". Eles são soberbos, arrogantes, mentirosos, caluniadores, difamadores, semeadores de contendas, se fazem de "anjos de luz" dentro da Igreja, e ainda querem ocupar o lugar de Deus. Esses são os malditos fariseus! Raça de víboras e filhos do Diabo! Serpentes venenosas que espalham o seu veneno pelas igrejas. Cães e porcos que só pensam em puxar o tapete do próximo em Nome de Deus. Eles oprimem os fracos e indefesos em Nome de Deus, e estufam o peito arrotando santidade. Se acham superiores e melhores do que os outros. Esses crentes pisam e humilham pessoas inocentes que não têm como se defender deles. Eles usam o nome de Deus para extorquir e explorar e ainda posam de santos nas igrejas. No domingo na Igreja são santos, mas durante a semana fora da Igreja são uns verdadeiros animais. Se esquecem de Deus com uma facilidade que é incrível! Só se lembram de Deus quando é para usar o seu Santo Nome para oprimir os outros, botando o dedo na cara das pessoas para acusá-las muitas vezes de coisas que elas não são e nem sequer fizeram. Eles são corruptos e traiçoeiros. São opressores e extremamente covardes. Só são valentes para oprimir os mais fracos e só respeitam a força que é maior do que a deles. Esses são os malditos religiosos tapados e legalistas que têm todas as características do Diabo, e nenhuma de Jesus. Cristo está mais próximo das prostitutas que sabem que são pecadoras do que desses religiosos que pensam que são santos. Esses são os evangélicos que sofrem da Síndrome de Lúcifer". (Filipe Levi)

"Existem duas construções ideológicas construídas por Satanás que tem dominado as igrejas evangélicas (principalmente, as pentecostais e neo pentecostais). As construções ideológicas do "Não julgueis" e a do "Não toqueis no ungido do Senhor". Qualquer pessoa que tenha um pouco de interesse em estudar a Bíblia seriamente (e que não seja desprovida de inteligência), perceberá que esses dois ensinamentos são diabólicos, satânicos, demoníacos e luciferianos, porque não tem base bíblica nenhuma. Interessante é que o próprio Jesus Cristo, os profetas e os apóstolos julgavam. Mas, aí, as bestas dos evangélicos afirmam que Jesus podia, porque Ele era Jesus. Interessante é que eu posso seguir Jesus em tudo e tenho que ser igual a Jesus, menos nisso. E os profetas e os apóstolos? Eram só eles que podiam também? Os Pais da Igreja e os Reformadores podiam também, e, só nós, cristãos da atualidade, é que não podemos? Eles pegam essa frase de Jesus fora de contexto (não se dão nem ao trabalho de pegar o versículo inteiro para deturpar o que Jesus ensinou) para pregar essa asneira do "Não julgueis" para poderem legitimar a impunidade e a omissão diante da opressão. Sobre a heresia diabólica do "Não toqueis no ungido do Senhor", eles usam versículos fora de seu verdadeiro contexto e o único exemplo de personagem bíblico que eles usam para defender essa asneira é o rei Saul (que grande exemplo!). Um cara que consultou os mortos, que assassinou profetas de Deus, que vivia desrespeitando a Deus e aos seus Mandamentos constantemente e que ainda se suicidou no final. Por favor, vão ler a Bíblia e estudar Teologia, seus tolos". (Filipe Levi)


Nenhum comentário: