sexta-feira, 19 de maio de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 20

Tertuliano de Cartago e Hipólito de Roma para poderem satanizar o serviço militar nunca se basearam nas Escrituras, mas apenas em tradições humanas e em suas opiniões e preconceitos pessoais. Os "reformados" para satanizarem instrumentos musicais e o teatro fazem o mesmo. Quando Martinho Lutero quis romper com a Igreja Católica foi justamente por causa disso, porque o Clero apenas se baseava em TRADIÇÕES HUMANAS DA IGREJA, e não nas Escrituras. (Filipe Levi)
Parte superior do formulário

Eu nunca e jamais irei afirmar que o futebol é um problema teológico, porque isso seria apenas uma opinião pessoal baseada em meu preconceito contra esse esporte. Seria o mesmo que os fariseus fazem para satanizar as coisas que eles não gostam se baseando em deturpações de versículos bíblicos, em textos isolados fora de seu contexto e em distorções teológicas. Mas, o problema do futebol é sociológico mesmo. O futebol como esporte é muito saudável como qualquer outro esporte, mas o que me enoja no futebol é essa ALIENAÇÃO E IDOLATRIA INSANA do povo brasileiro que se matam uns aos outros por causa dessa MERDA e que muitas vezes colocam essa COISA no lugar da própria família, dos amigos e de Deus. (Filipe Levi)


Existem dois extremos ruins nas igrejas modernas. As igrejas neo pentecostais se contextualizaram, mas pregam heresias. As históricas não pregam heresias, mas não se contextualizaram. As igrejas neo pentecostais se adaptaram ao século XXI, mas tem uma péssima base teológica. As igrejas históricas tem uma boa base teológica, mas se perderam no tempo e não se adaptaram a época atual. (Filipe Levi)

O maior problema das IGREJAS REFORMADAS (eu também acredito na predestinação de Romanos 9, só para esclarecer), é que elas muitas vezes se baseiam em TRADIÇÕES HUMANAS, e não no que a Bíblia ensina (já não bastavam as heresias bizarras das igrejas pentecostais e neo pentecostais, ainda tem essas tradições farisaicas de muitas igrejas reformadas). Os caras pregam que guitarra e bateria são do Demônio, porque no primeiro século da Igreja Primitiva não se usavam esses instrumentos (e porque Agostinho de Hipona era contra se usar instrumentos no culto, algo que a Bíblia nunca ensinou, ou seja, era uma opinião pessoal dele, e não mandamento bíblico), como se piano e violino existissem naquela época. Os caras pregam que o teatro é do Capeta, porque não usava no primeiro século da Igreja Cristã para evangelizar, mas colocar telão de cinema no culto para passar os filmes da COMEV pode que não tem problema. Usar esse tipo de argumento de FARISEU, é o mesmo que uma mulher muçulmana mandar um taxista desligar o rádio, porque não existia rádio na época do Profeta Maomé, e o taxista pedir a ela para se retirar do táxi, porque na época do Profeta não existia automóvel. (Filipe Levi)

O interessante do Augusto Cury (considero muito sábias algumas coisas que ele diz), mas ele fala muitas asneiras também (não são heresias teológicas, são besteiras sociológicas mesmo), o cara quer que os jovens de hoje mexam o menos possível com computador e celular, ou seja, ele quer que as pessoas do século XXI vivam como na década de 40 (parece até os eleitores de Donald Trump, que ainda querem trabalhar em minas de carvão, porque tem preguiça de estudar e de se especializar). Conheço um bando de "velhos " nas Forças Armadas que não estudam aí são soldados ou cabos (poucos chegam até sargentos) a vida inteira, porque tem preguicinha de estudar, e são liderados e recebem ordens de jovens tenentes e capitães que não tiveram preguiça e resolveram estudar e crescer na vida. Tem velhos que tem uma certa resistência a tecnologia e que tem preguiça de estudar, aí quando eles são demitidos de seus empregos ou não são promovidos dizem que a vida é injusta e que eles são injustiçados.

Nenhum comentário: