quinta-feira, 3 de agosto de 2017

O DEUS DA JUSTIÇA

Será mesmo que Deus é só "paz e amor"? O Deus da Bíblia xingava os apóstatas e falsos profetas de filhos de prostitutas e meretrizes (de filhos da puta mesmo). O Jesus da Bíblia xingava os religiosos mercenários (muito parecidos com os evangélicos de hoje) de cães e de porcos, de víboras e de lobos, de hipócritas e de falsos. O Espírito Santo (que inspirou a Bíblia, a Palavra de Deus) nos relata isso nas Escrituras. O Deus "paz e amor" lança os pecadores nas chamas do Inferno, para que esses infelizes sofram e agonizem por toda a eternidade, noite e dia, sem descanso, para todo o sempre. Deus criou Satanás, o Diabo. Deus criou o Inferno (Hades) e o Lago de Fogo (Tártaro). Como o Deus da Bíblia é bonzinho, não é mesmo? O Deus da Bíblia estabeleceu as autoridades governamentais (polícia e Forças Armadas) para castigar os malfeitores mesmo, ou seja, para punir os culpados. Mas, Deus não era só "paz e amor"? Não, seus idiotas, Deus também é justiça. Deus sabe tudo o que vocês fazem. Lamento dizer para vocês, mas Deus não é cego, nem surdo e nem burro. A essência de Deus é o amor, mas os seus princípios são de justiça. Deus é amor, mas também resplendece justiça. (Filipe Levi)


Nenhum comentário: