sexta-feira, 1 de junho de 2018

O ADVOGADO DE DEUS (DEUS NÃO É O CULPADO)


As pessoas costumam sempre jogar a culpa em Deus pelas tragédias, catástrofes e atrocidades que acontecem no mundo. Os ateus magoadinhos com Deus nutrem um grande ódio pelo "cara lá de cima que não existe". De todos os homens maus, os homens maus religiosos são os piores. Mas, será que Deus tem culpa quando as pessoas ruins fazem mau uso do Nome d'Ele? Se as pessoas começarem a praticarem atrocidades e massacres em meu nome, isso significa que fui eu quem mandou elas fazerem isso? Claro, que não! Esses religiosos hipócritas, legalistas, fundamentalistas, fanáticos e safados não obedecem aos ensinamentos que Deus ensina na Bíblia. Se os pais criam os filhos com amor e carinho (sem espancamentos, humilhações e estupros), e se esses mesmos filhos renegam os bons ensinamentos dos pais e entram na criminalidade, a culpa seria desses pais? Claro, que também não! Independente de "livre arbítrio" ou "livre agência", os homens são responsáveis por suas obras.

A Inquisição, o Terrorismo Islâmico, as seitas racistas e xenófobas, as perseguições por causa do ódio, da intolerância e na busca pelo poder, que são feitas em nome da religião, nada disso é culpa de Deus. Se os homens maus fazem mau uso do Nome de Deus para praticar atrocidades, podem ter certeza, de que Deus nunca apoiou isso. Deus sempre foi a favor da justiça e da verdadeira paz. A Bíblia, a Palavra de Deus, sempre revelou que a vontade de Deus é que os fortes protejam e defendam os fracos. A vontade de Deus sempre foi que aqueles que tem poder devem usar o seu poder para salvar aqueles que não tem poder. A vontade de Deus é que o Estado (governo) sirva o seu povo e proteja os seus cidadãos de bem e castigue os malfeitores (Romanos 13:1-7) e (1 Pedro 2:13-17). A vontade de Deus é que o marido honre, respeite e proteja a sua esposa. A vontade de Deus é que os pais cuidem, respeitem e protejam os seus filhos. O principal ministério de um homem é a sua esposa. O principal ministério de um homem é a sua família. Honre e proteja a sua esposa. Cuide dos seus filhos.
Jesus era conhecido como o amigo dos pecadores (o amigo das prostitutas). Jesus sempre teve aversão aos religiosos hipócritas e abominou os falsos moralistas. Os cristãos se tornaram naquilo que Jesus sempre combateu, em religiosos legalistas e hipócritas, que fazem mau uso do Nome de Deus para praticar maldades e atrocidades. Deus não tem culpa da Tirania. Deus não é o culpado pela opressão. A culpa não é de Deus. Deus não é o culpado. Se os religiosos maus usam o Nome de Deus para destruir, então, que nós, homens de Deus, usemos o Nome de Deus para construir. Façamos justiça aos oprimidos. Nós, homens de Deus, devemos defender e proteger os fracos e indefesos. Esse é o nosso dever e obrigação como homens de Deus. Viver uma vida religiosa hipócrita e vazia não adianta nada. Um cavaleiro prova o seu valor por meio dos seus atos. Não só com palavras, mas são as suas atitudes que mostrarão a pessoa que você realmente é. Se os seus atos forem de honra, de bondade, de humildade, de integridade, de honestidade, de justiça, de respeito, de lealdade, de sinceridade e de coragem, saberemos que você é uma pessoa boa de verdade.
Então, seres humanos, tenham a dignidade e a coragem de assumirem os seus próprios erros e arcarem com as consequências das merdas que vocês fazem (principalmente, vocês, seus religiosos safados)!!! Deus não tem obrigação de abençoar e de salvar ninguém. Se Deus abençoa ou salva alguém, é porque Ele é bom e misericordioso e não porque você é "santo" e "bom pra caramba". Aconteça o que acontecer, Deus é bom. Deus continua sendo Deus. Você acreditando em Deus ou não, você prestará contas a Ele. Você acreditando no Inferno ou não, se você morrer sem Jesus, você irá para lá do mesmo jeito. O recado foi dado. (Filipe Levi)

Nenhum comentário: