terça-feira, 10 de julho de 2018

PROCURADO: VIVO OU MORTO (NA LISTA NEGRA DO DIABO)


“os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam bocas de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros. Mulheres receberam, pela ressurreição, os seus mortos. Alguns foram torturados, não aceitando seu resgate, para obterem superior ressurreição; outros, por sua vez, passaram pela prova de escárnios e açoites, sim, até de algemas e prisões. Foram apedrejados, provados, serrados pelo meio, mortos ao fio da espada; andaram peregrinos, vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos, maltratados (homens dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, pelos montes, pelas covas, pelos antros da Terra. Ora, todos estes que obtiveram bom testemunho por sua fé, não obtiveram, contudo, a concretização da promessa, por haver Deus provido cousa superior a nosso respeito, para que eles, sem nós, não fossem aperfeiçoados”. (Hebreus 11:33-40)

Quando você ousa buscar a Deus e fazer o que é certo, o “Universo” conspirará contra você. As circunstâncias sempre irão favorecer o pecado. Para ser um herói, sempre é preciso pagar um preço (muitas vezes, um preço alto demais). Todos os heróis devem pagar um preço pelo seu heroísmo. Todos os grandes guerreiros que ousam fazer a diferença e combater o mal devem estar preparados para serem odiados, rejeitados e desprezados por ousarem fazer o bem. A guerra sempre cobra o seu preço. Você será rejeitado por sua família, por seus amigos e até pelos próprios “cristãos”. Você não será odiado só pelo mundo, mas será odiado pela grande maioria dos evangélicos também. A maioria das pessoas é apenas “massa” para fazer volume, mas existem homens que são corajosos, valentes e ousados. São esses homens que são os que mudam o mundo. São esses que fazem a diferença. Quando você ousa fazer a coisa certa, as Forças do Mal virão para cima de você. Há diferença entre ser uma vítima covarde e um inimigo a altura. Você quer ser uma vítima ou um inimigo? A escolha é sua. Se você ousar (ter a ousadia) de fazer a vontade de Deus e de “bater de frente” com o Diabo e seus anjos, com os religiosos hipócritas e falsos moralistas, com os corruptos e com os malfeitores, prepare-se, porque você terá que pagar um preço por isso. Ser “machão” e “valentão” com os mais fracos e indefesos (com quem não pode revidar) é fácil. Quero ver ser “corajoso” e “valente” com alguém mais forte ou armado, ou com Satanás, o Diabo. Aí sim, eu acreditarei na sua “macheza”. Falar grosso, bater em quem é mais fraco, humilhar os outros para se sentir superior e “passar o rodo” nas meninas não é ser “macho”. Ser “macho” é ter honra e integridade, ser corajoso e valente de verdade. Vocês querem ser “homens” e “machos”? Então, tenham hombridade e atitudes de macho. O mundo e a Igreja precisam de homens de verdade. Conheço homossexuais que têm mais atitudes de “macho” do que muitos “machões” que conheci durante essa minha infeliz existência. Não queria ter nascido e nem existir, mas já que nasci e existo, eu faço questão de viver para ainda trazer muita dor de cabeça para o Diabo. Eu estou preparado para morrer, mas eu escolho morrer lutando. Se eu cair, eu caio atirando. Eu serei uma pedra-no-sapato do Diabo (se quiser me matar, venha pessoalmente fazer o serviço). “A minha maior ambição na vida é estar na lista dos mais procurados do Diabo”. (Leonard Ravenhill). Eu estou pronto para morrer, e você está? (Filipe Levi)

“Você invade o quintal do seu inimigo, causa a maior zona com essas lutas, e ainda quer se erguer e sair sem ser notado”.

Nenhum comentário: